Eventos ao Vivo 1

Pedro Bromfman conquista 18º bracelete brasileiro na WSOP

Pedro Bromfman conquista bracelete na WSOP 2022

O Brasil tem mais um campeão mundial de poker da World Series of Poker (WSOP)! Pedro Bromfman venceu o Evento #38: US$ 10.000 No-Limit 2-7 Single Draw Championship da WSOP 2022 para garantir o 18º bracelete brasileiro e primeiro nesta edição da série para o país.

Para conquistar a mais cobiçada joia do poker, Pedro Bromfman precisou superar um field de 121 entradas que contou com grandes lendas do poker, incluindo Scott Seiver, Eli Elezra, Cary Katz e o compatriota Yuri Martins na mesa final.

Após três dias de jogo, Bromfman superou toda a concorrência e soltou o grito de campeão no salão do Bally's Las Vegas Hotel and Casino. O feito rendeu ao jogador brasileiro o primeiro bracelete de sua carreira no poker e um prêmio de US$ 294.616.

Acompanhe a cobertura ao vivo da WSOP 2022 no Pokernews!

"Eu jogo muito poker. É quase como um segundo emprego para mim."

No poker, Pedro Bromfman é um jogador recreativo. Já fora das mesas, o compositor brasileiro que mora em Los Angeles, Estados Unidos, é dono de um currículo impressionante, que inclui a composição de trilhas sonoras de filmes como Tropa de Elite, Tropa de Elite 2 e Robocop, e da famosa série do Netflix Narcos.

Pedro Bromfman
Pedro Bromfman na mesa final do Evento #38 da WSOP 2022

“É surreal para mim. Não sou jogador profissional de poker, mas meus melhores amigos são jogadores profissionais de poker. Eu jogo muito poker. É quase como um segundo emprego para mim, e este é o meu jogo favorito. Provavelmente joguei mais deste jogo do que a maioria das pessoas neste field, e isso é inacreditável”, disse o brasileiro, que estava em lágrimas após a vitória, ao PokerNews.

Pedro Bromfman sempre sonhou em vencer um bracelete, mas sabia que não seria fácil. Na WSOP 2019, Bromfman já havia ficado próximo de concretizar o sonho, quando fez mesa final deste mesmo evento, terminando na 6ª colocação para US$ 41.897.

Curiosamente, o compositor brasileiro não tinha intenções de participar deste evento este ano.

“Eu quase não joguei este evento. Hoje era o Dia dos Pais e minha filha tinha uma peça de teatro. Senti que não deveria jogar. Mas estava me sentindo horrível por perder esse evento. Então decidi me inscrever e se perdesse logo no primeiro dia, aí iria para casa. Mas não foi isso que aconteceu", disse o mais novo brasileiro campeão mundial de poker.


Leia também: Antigo Supernova Elite leva 70 celulares para a mesa e faz multi-tabling insano na WSOP


Bromfman teve a companhia de Yuri Martins na decisão

Pedro Bromfman e Yuri Martins retornaram às mesas do cassino Bally's em Las Vegas neste domingo para o dia final do Evento #38. Restando 14 jogadores no field, Bromfman tinha o segundo maior stack, enquanto o compatriota Yuri Martins ocupava a sétima colocação do chip count.

Ambos conseguiram colocar as cores verde e amarelo na mesa final — o compositor na liderança com um stack bem confortável e Yuri terceiro colocado em fichas.

Yuri Dzivielevski
Yuri Martins Dzivielevski

Yuri Martins buscava o tricampeonato na WSOP pela segunda vez nesta edição da série, mas acabou sendo eliminado na quinta colocação. O craque de Curitiba teve que se contentar com um prêmio de US$ 71.315.

Pedro Bromfman, seguiu fazendo bonito e garantiu um lugar no confronto final contra Scott Seiver. O duelo final começou equilibrado, mas o brasileiro levou a melhor para vencer seu primeiro bracelete e impedir a lenda dos mixed games de vencer pela segunda vez na WSOP 2022.

Pedro Bromfman
Pedro Bromfman campeão na WSOP 2022

Resultados da mesa final do Evento #38: US$ 10K No-Limit 2-7 Single Draw Championship

PosiçãoJogadorPaísPrêmio
1Pedro BromfmanBrasilUS$ 294.616
2Scott SeiverEstados UnidosUS$ 182.086
3Cary KatzEstados UnidosUS$ 131.362
4Alex LivingstonCanadáUS$ 96.104
5Yuri Martins DzivielevskiBrasilUS$ 71.315
6Farzad BonyadiEstados UnidosUS$ 53.687
7Eli ElezraIsraelUS$ 41.011

Leia também: Neymar faz estreia oficial na WSOP e quebra AA na primeira jogada


Event 38 - Final Table
Mesa final do Evento #38 da WSOP 2022

Braceletes do Brasil na World Series of Poker (WSOP)

Com mais essa vitória, o Brasil soma um total de 18 braceletes da World Series of Poker (WSOP)8 braceletes conquistados ao vivo em Las Vegas e 10 braceletes conquistados nos feltros virtuais da GGPoker, na edição online da WSOP.

Registre sua conta na GGPoker e escolha um de dois fantásticos bônus

Registre sua conta na GGPoker através do PokerNews, deposite US$ 20 e receba US$ 100 em recompensas!

Você receberá US$ 52,50 em tíquetes grátis ao longo dos seis primeiros dias após o depósito elegível, sem quaisquer requisitos! Todos os tíquetes atribuídos como parte desta promoção expiram após 30 dias.

DiaTíquetes creditados instantaneamenteDesafios 'All-in Or Fold' extras
Dia 1$11 em Tíquetes All-In Or Fold SNGJogue 100 Mãos AoF - Receba C$2,50
Dia 2$6,50 em Tíquetes All-In Or Fold SNGJogue 500 Mãos AoF - Receba C$10
Dia 3$6,50 em Tíquetes All-In Or Fold SNGJogue 100 Mãos AoF - Receba C$2,50
Dia 4$6,50 em Tíquetes All-In Or Fold SNGJogue 500 Mãos AoF - Receba C$10
Dia 5$9 em Tíquetes All-In Or Fold SNGJogue 100 Mãos AoF - Receba C$2,50
Dia 6$13 em Tíquetes All-In Or Fold SNGJogue 1.000 AoF Hands - Receba C$10

Mas para receber até $47,50 adicionais em recompensas, basta você jogar nas mesas de cash game 'All-In or Fold' em cada um dos seis dias. Alcance a meta diária de mãos para receber até $37,50 em dinheiro de cash game. Complete todos os 6 Desafios AoF e receba C$10 extras no Dia 6!

Se preferir, você pode optar por receber um clássico bônus de depósito.

Com este bônus, a GGPoker vai igualar seu depósito elegível dólar por dólar, até um máximo de US$ 600. Este montante é creditado no seu saldo de bônus, que se transformará em dinheiro conforme você vai jogando. O bônus é liberado em parcelas de US$ 1 por cada US$ 5 pagos em rake ou taxas de torneio. Você tem 90 dias para desbloquear seu saldo de bônus em dinheiro.

Sharelines
  • Pedro Bromfman conquista 18º bracelete brasileiro na WSOP

Name Surname
Editor Chefe

Mais notícias

Outras Histórias