Now LiveEventos
PokerStars Championship Prague
888poker
New poker experience at 888poker

Join now to get $88 FREE (no deposit needed)

Join now
PokerStars
Double your first deposit up to $400

New players can use bonus code 'STARS400'

Join now
partypoker
partypoker Cashback

Get up to 40% back every week!

Join now
Unibet
€200 progressive bonus

+ a FREE Unibet Open Qualifier ticket

Join now

LA Times Confirma a Venda do Full Tilt e Supõe Reembolso dos Jogadores

Black Friday

Na última Quarta-feira, a Alderney Gambling Control Commission (AGCC) suspendeu a licença para jogos do Full Tilt Poker e logo o site saiu do ar. Com isso, jogadores de todo o mundo ficaram impossibilitados de acessarem suas contas e todos os torneios foram interrompidos.

Prontamente, o PokerStars se pronunciou e tranquilizou seus jogadores, afirmando que estaria tudo certo com sua licença. Conforme publicado na edição de hoje do Nightly Turbo, em comparação com a última Quarta-Feira, o tráfego de jogadores do PokerStars cresceu 6%.

Para muitos, com todos os acontecimentos desde a Sexta-Feira Negra do Poker, a credibilidade do Full Tilt "foi por água a baixo". Ainda assim, para Scott Matusow, as pendências judiciais são contra Ray Bitar (um dos donos do site), e não contra o Full Tilt. Através do seu blog, Matusow falou ainda do interesse do magnata Jack Binion (criador das WSOP) em investir no site, que voltaria a operar nos EUA.

Na manhã desta Quinta-Feira, Nathaniel Popper publicou no Los Angeles Times que o Full Tilt estaria sendo adquirido por "um grupo de investidores europeus, em um negócio que permitiria pagar por $150 milhões pendentes nos EUA." Em troca, o grupo passaria a controlar a Pocket Kings, administradora do Full Tilt.

No mesmo dia, Phil Ivey confirmou sua intenção em retirar a ação que move na justiça norte-americana contra o site. De acordo com seu advogado, David Chesnoff, "O Sr. Ivey tem a intenção de retirar a ação, pois acredita que o Full Tilt está tomando todas as medidas para pagar seus jogadores."

Será que, desta vez, os direitos dos jogadores serão respeitados?

Mais notícias

O que você acha?