Estratégia com Kristy, Podcast: Séries de Torneios com Terrence Chan

Terrence Chan

Terrence Chan, campeão de dois eventos do PokerStars Spring Championship of Online Poker, é o convidado desta semana do podcast Estratégia com Kristy. Em 2009, Chan se tornou o primeiro jogador a vencer dois eventos do SCOOP em um dia. Ele venceu os torneios medium e high (de $530 e $5,200, respectivamente) do Evento #20 - No-Limit Hold'em Six-Max. Chan conversou com Kristy Arnett sobre suas estratégias para encarar uma série longa de torneios.

Confira um trecho do bate papo:

Quando você planeja jogar uma série longa de torneios online, como o SCOOP, você acredita que seja importante traçar um cronograma preliminar?

Sim, e eu penso que a palavra-chave é "provisório." Eu não penso que você deva ser super rigoroso com isso. Por exemplo, no cronograma das World Series of Poker, eu simplesmente vi cada torneio e os joguei em uma planilha. E dou um número, em uma escala de um a cinco, de quanto eu desejo jogar o torneio. Alguns eventos, eu simplesmente sei que não vou jogar. Se não são o meu estilo de jogo ou estão fora do meu intervalo de buy-in, ou ainda se eu sinto que ficaria entediado jogando, coloco um ou dois. E então, para alguns eventos que eu definitivamente sei que vou jogar, dou cinco.

Eu penso que é importante ser flexível quanto a isso, porque talvez você acorde em uma manhã e simplesmente não se sinta bem. Talvez na noite anterior, depois de estar deep, você amargou a bolha do torneio. Por mais tentador que seja seguir jogando, você deve pensar se você tem condições psicológicas para jogar. Não se force a jogar. Se você é um profissional "absoluto" e consegue esquecer o passado, então isso é ótimo. Você deve jogar. Mas, você deve olhar para si mesmo e ser honesto. Pergunte a você mesmo, "Estou em um bom estado emocional? Eu tenho vontade de jogar? Estou preparado para jogar 16 horas?" Você deve perguntar isso, porque alguns eventos do SCOOP são muito longos.

A pior coisa que pode acontecer é você jogar bem por sete ou oito horas e então dizer, "F***-se. Pra mim chega. Vou mandar tudo para o pano. Eu realmente não me importo mais." Digo, todos nós já fizemos isso. Todo mundo faz isso em um torneio de vez em quando, o que é uma coisa realmente terrível.

Ouça o podcast na íntegra:

Mais notícias

Outras Histórias