Estratégia com Kristy, Podcast: Mike Watson e Mike McDonald Discutem Mãos do Super High Roller do EPT

Watson / McDonald

Os amigos Michael McDonald e Mike Watson fizeram mesa final no evento Super High Roller do PokerStars European Poker Tour, terminando nas respectivas quinta e terceira colocações. Nesta edição do podcast Estratégia com Kristy, os dois discutiram uma mão cada, de sua escolha, com Kristy Arnett.

McDonald escolheu uma mão que jogou contra Ilari Sahamies na mesa final. Veja baixo um trecho da tradução:

"Chegou em fold até ele [Sahamies] no cutoff. Os blinds eram 20,000-40,000. Ele fez tudo 100,000. Eu paguei no big blind com {a-Clubs}{6-Clubs}. Ele tinha cerca de 1.5 milhão no início da mão. Não haviam muitos motivos para uma three-bet aqui contra alguém que estava abrindo bastante e não haviam muitos motivos para desistir. É um call preflop bem padrão.

O flop trouxe {10-}{9-}{7-}, com duas de espadas. Havia cerca de 260,000 no pote e talvez 1,4 milhão efetivo. E dei check e ele também deu check. Esta é uma situação que, de início, eu poderia atirar no flop diversas vezes porque este é um dos poucos flops que acerta o meu range e muito pouco o seu. Eu posso ter todas as mãos com dois pares. Eu posso ter todas as sequências também, e ainda, ele terá muitos Áses altos que geralmente seriam melhores que os meus Áses altos. Eu me dei a chance de levar o pote. Suponhamos que eu tivesse algo pior como Dama-Oito ou algo do tipo. Eu acredito que este seria uma situação boa para atirar no flop. A minha mão tinha um pouco mais de valor, então eu preferi não apostar. Quando ele deu check behind, ele poderia ter diversas mãos, mas eu acho que ele apostaria com draws fortes e mãos fortes mais vezes. Eu diria que quando ele dá check behind, ele teria muitas vezes apenas o maior par, pares médios, Áses altos e cartas altas com "broca" para sequencia. Geralmente, eu não acredito que ele daria check com o seu range de mãos mais forte.

O turn trouxe uma carta que não mudou nada [blank], do tipo {3-}. Esta é uma situação em que muitas pessoas, se estivessem no meu lugar, diriam que o meu Ás alto tinha valor de showdown, então eles tentariam chegar no showdown. E ainda, o meu draw não era tão forte. Eu tinha uma acima, uma abaixo e uma possilidade de "broca" que não me daria o melhor jogo. Não é melhor situação. Mas, eu acredito que na maioria das vezes aqui, se ele tem mãos com força similar, e penso que ele provavelmente desistiria. O que eu pensei aqui foi que quando ele deu check behind no flop, ele está me vencendo na maioria das vezes. Mesmo que o Ás alto tenha valor de showdown, esse Ás alto em específico não vai ganhar o pote muitas vezes. Eu pensei que apostar no turn e na maioria dos rivers fosse o melhor caminho."

Ouça o podcast na íntegra e consequentemente descubra o que aconteceu no river:

Name Surname
Kristy Arnett

Mais notícias

Outras Histórias