WSOP 2017 Now Live
2017 World Series Of Poker

Falando de HORSE com Lou Krieger, Vol. 10: Mais Razz

  • Lou KriegerLou Krieger
Poker Strategy

Em minha última análise, eu estava jogando Razz em um conhecido torneio e um determinado jogador subiu a aposta com K-10 exposto, enquanto eu expunha 9-7. Apliquei-lhe um re-raise, sabendo que a melhor mão que ele poderia ter naquele momento seria K-10-A-2. Ele tinha ainda mais três cartas por vir, e essas deveriam ser menores que 9-7 para me vencer – contando que minha mão não melhorasse ainda mais.

Minha carta seguinte foi um 8. Meu oponente fez um par de 10 e desistiu assim que apostei. Ele jogou feito um completo fish (pato) e perdeu boa parte de suas fichas.

Não sei por que ele jogou tão mal a mão. Mas todos na mesa sabiam que ali havia um jogador mais fraco e que enquanto ele estivesse disposto a entregar suas fichas em mãos sem força alguma, continuaríamos ali sentados, aproveitando essa situação. Sim, ele pode ser um jogador de nome, porém obteve sucesso no No-Limit Hold’em, que é um jogo muito diferente do Fixed-Limit Razz.

Razz não é um jogo onde os blefes passam facilmente. Mesmo que você dê algum crédito às cartas que seu adversário tem escondidas, muitas vezes você sabe que tem o melhor jogo. Também saberá quando as chances do seu oponente em acertar seus outs forem pequenas, assim como quando ele não estiver disposto a arriscar as suas fichas. Afinal, a maioria das mãos de Razz vão rapidamente para o heads-up (um contra um) e geralmente não oferecem as pot odds necessárias para a compra de mais uma carta.

Quando você sabe que seu adversário está em uma posição que não pode vencê-lo, ele pode estar preso à mão (board-locked). Está drawing dead (nenhuma carta ou combinação pode salva-lo). Se não estiver, está muito próximo do ‘ralo’. Se ele está disposto a jogar com você sob essas circunstâncias, você tem poucas chances de perder a mão, e deveria estar feliz com a oportunidade de extrair o máximo de fichas que você puder.

Um adversário que não sabe quando está preso à mão é um completo fish. Um adversário que suspeita estar preso à mão, caso ele não tenha certeza – e que ainda resista às probabilidades, dão a você um grande edge (vantagem). Trata-se de um jogador fraco que garantirá a você muitas fichas num curto espaço de tempo.

A clareza absoluta de situações como essas nos fazem crer que o Razz foi concebido para ensinar a cada um de nós como ser um jogador de poker mais completo. Se você não consegue aprender a exercitar sua disciplina jogando Razz, é provável que você nunca se torne um jogador melhor.

Caso você ainda não tenha percebido, Razz é um jogo de cartas intimidante. Se na fourth street (quarta carta, segunda exposta), você possuir duas cartas baixas e seu oponente duas maiores que as suas, e ele pode ser duramente pressionado a não continuar jogando contra você, caso seja um jogador sólido e disciplinado. Mesmo se você tiver duas cartas altas escondidas e ele duas baixas, você sabe com certeza qual o melhor jogo que ele pode ter, ao tempo que ele apenas pode suspeitar do seu jogo.

Suponha que você tenha Q-J escondidos, mas A-3 expostos, enquanto seu adversário possuir 10-9 expostos e A-5 escondidos. Você sabe que a melhor mão que ele pode ter traria um 10 alto (ten high) consigo, e ele sabe que você sabe disso. Tudo o que ele vê na sua mão são duas cartas baixas e ele tem que tentar adivinhar as suas cartas escondidas. Por tudo o que se sabe, essas suas duas cartas podem ser baixas e sem formar qualquer par, o que deixa você muito à frente para vencer a mão. Mesmo que ele suspeite que você tenha 7-8 escondidos, ainda assim ele está em apuros.

Você não deve suspeitar que seu adversário possua duas cartas altas escondidas. Se ele fizer isso, será apenas uma suposição – e ele sabe disso. Se ele for um bom jogador de Razz, desistirá da mão e irá esperar por cartas melhores. Se for um fish e continuar pagando, dará a você ótimas oportunidades de acumular fichas. Mesmo que você tenha um par exposto e ele entrar na sua armadilha, tudo o que você precisa fazer contra esse tipo de oponente é continuar apostando por valor sempre que tiver a melhor mão, e assim irá ganhar muitas fichas.

É por isso que o Razz pode ser um jogo ruim ou muito bom, tudo depende do nível dos seus adversários [ver volume 4, ‘Lendo Seus Oponentes’].

O Razz é o jogo de limite que mais pune os jogadores indisciplinados. Embora seja perfeitamente possível que um jogador indisciplinado e despreparado ganhe algumas mãos à própria sorte no hold’em, isso é impensável no Razz. Ao jogar contra um oponente indisciplinado no Razz, você sempre será o grande favorito, independente do seu estilo de jogo.

Espero ter aguçado o seu apetite para jogar Razz, ou pelo menos ter ensinado a você algumas ‘manhas’ para acumular fichas na órbita de Razz num jogo de HORSE. Agora que você já sabe um pouco desse jogo fascinante, no nosso próximo encontro exploraremos alguns conceitos específicos que você deve agregar ao seu jogo.

Lou Krieger é o editor do Poker Player Newspapper. Autor de mais de 400 artigos de estratégia e 11 livros sobre poker. Também pode ser ouvido em um programa de rádio na Internet, “Keep Flopping Aces”, apresentado nas quintas-feiras, às 9 pm ET em www.roundersradio.com

Mais notícias

O que você acha?